segunda-feira

_ Minha deusa, minha rainha.

Era assim que ele me chamava, menino bonito, novo e doce, louco pelas ranhuras que fazem desenhos nas solas dos meus pés, babando por sentir-lhes os cheiros, a volúpia das unhas vermelhas a tirar-lhe o sono.

Vezes sem conta pedi que me esquecesse, contei trapalhadas e desencantos para desfazer essa imagem de rainha que nunca me serviu, foi sempre em vão e acabei por ceder.

Escolhi o flat, o dia e a hora, e ele chegou muito tenso, nervoso, sem saber se ajoelhava ou me beijava o rosto, e isso me fez rir.

_ Vou abusar de você, lindinho. É o que você quer, não é? Tira a roupa.

A Chapada da Diamantina, seus morros e cachoeiras, as Tuileries, nada que eu já houvesse visto me parecia tão lindo.

Parado bem na minha frente ele era só o próprio coração aos pulos, medo e desejo, um corpo que ansiava calado pelo meu, presa não das minhas virtudes mas do seu próprio fetiche. Não era a roupa que ele despira que o deixava tão belamente nu, mas a verdade com que aceitava o próprio desvario, o jeito honesto de se mostrar como escravo dos meus pés vaidosos, tímido, temeroso e faminto.
Provoquei-o com os sapatos, depois pedi que os tirasse e observei o modo como admirava os dedos já marcados pelo bico fino e aspirava o aroma do couro misturado ao meu.

Poder oferecer-lhe o que tanto desejara, permitir que se fartasse dos meus pés e por eles gozasse; tudo isso me fez sentir a Grande Rainha da Generosidade.

A vaidade é mestra em disfarces.

9 comentários:

Alex Castro disse...

que deliiiicia.... queria q tivesse sido eu....

googala disse...

opa, arranjou um fã profissa!
abçs aos dois

memórias de priscilla disse...

Hum, nós três aqui, juntinhos neste box apertadinho, isso me dá umas idéias... huumm...

Jessica Lara disse...

eu também tenho digamos um sentimento especial por pés, é uma delicia deixar que eles seduzam outra pessoa e se deixar seduzir também por eles, quizera eu ter alguém aos meus pés agora...

Gize disse...

faz tempo que não colocos meus pés no Velho Porto de Marseille...mas lendo esse texto, eu me coloquei a questão: por que não voltar la,onde tudo começou?

Pri, que tal você vir também?

Tec Lado disse...

Tomara que coisas inesperadas (gostosas) aconteçam para você em 2010.

Slipkd disse...

Gostei do blog

Anônimo disse...

se eu te pegar.......

Mais de Mim disse...

Palavras e frases que adentram em grandes goles pela minha garganta faminta.
Amei.

Beijos
Noh